Longe da crise senepol fecha 2015 com balanço positivo e primeiro bimestre de 2016 mostra números favoráveis em alta

Enquanto o rebanho registrou crescimento de 28% no ano passado, os leilões da raça movimentaram cerca de R$ 3,86 milhões em janeiro e fevereiro

Se 2015 foi um ano desfavorável para diversos setores da economia, os criadores de Senepol só tiveram motivos para comemorar. Entre os números positivos registrados pelo setor, o crescimento médio anual do rebanho foi de 28%, chegando a 45.899 cabeças, e o volume de sêmen comercializado anualmente aumentou 33%.

O valor médio de venda do touro subiu dos R$ 11.526,00 registrados em 2012, para R$ 14.457,04 em 2015; já o valor médio da fêmea passou de R$ 27.831,00 em 2012, para R$ 33.858,20 em 2015.

O faturamento dos leilões oficiais cresceu 51% em relação a 2014, passando de R$ 33,6 milhões e 2.650 lotes para R$ 50,7 milhões e 3.949 lotes em 2015. No mesmo período, os eventos realizados pela raça aumentaram 61%, subindo de 28 para 45.

2016_Primeiro Bimestre_01

Esses e outros índices foram apresentados por Gilmar Goudard, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Bovinos Senepol, durante o lançamento da primeira edição da Revista Senepol, realizado no dia 28 de janeiro, no restaurante Rubaiyat, em São Paulo. A revista é uma parceria entre a ABCB Senepol e o Grupo Publique.

“A princípio, estávamos muito preocupados com 2015. Mas, com confiança e planejamento para continuar com o crescimento sustentável, não deu outra: o ano passado nos surpreendeu e continuamos no ritmo de crescimento de anos anteriores”, ressaltou Gilmar Goudard, acrescentando que a ABCB Senepol também registrou um crescimento médio anual de 38% no número de associados, que subiu de 94, registrados em 2011, para 346.

E 2016 já começou em grande estilo para o setor: os leilões realizados em janeiro e fevereiro registraram faturamento de R$ 3,86 milhões.

2016_Primeiro Bimestre_02

No dia 31 de janeiro, no Eco Resort Vila Galé, em Angra dos Reis (RJ), o Leilão Angra Território do Senepol movimentou R$ 1,656 milhão, com 32 lotes de touros e matrizes vendidos. A média geral foi de R$ 51.693, sendo que as 29 fêmeas saíram pela média de R$ 55.303 e os três machos pela média de R$ 16.800.

Nos dias 17 e 20 de fevereiro, as duas etapas do Leilão Virtual Estação Senepol movimentaram R$ 1.853.640 com a venda de 98 fêmeas selecionadas dos rebanhos de Gilmar Goudard (Goud Senepol), Itamar Netto (Senepol Ita), Leonardo Netto e Roberto Carneiro (Senepol da Terra) e de seus convidados.

Já em 25 de fevereiro, o Leilão Online Senepol Belo e Convidados, promovido pelos pecuaristas Carlos Henrique Pereira da Silva (Fazenda Belo Monte), Antonio Donizetti de Sena Pereira (Fazenda Bocaina) e José Luiz Balardin (Senepol Xingu), arrecadou R$ 360 mil com a venda de 18 touros e 12 fêmeas.

“Nossa expectativa para 2016 é muito otimista. Embora o mercado esteja retraído, o que acontece é que, a cada dia, novos pecuaristas passam a conhecer os benefícios do Senepol e não têm como deixar de investir em uma raça que tanto tem a contribuir para a melhoria da quantidade e da qualidade da carne brasileira”, pontuou o presidente da ABCB.

Circuito InterCorte 2016

Hoje (2) e amanhã (3), a ABCB Senepol participa da primeira etapa do Circuito InterCorte, em Cuiabá (MT). O evento, que tem como objetivo difundir informações e tecnologia para os produtores da cadeia da carne, também será realizado em São Paulo (SP), de 15 a 17 de junho; Campo Grande (MS), em 20 e 21 de julho; Ji-Paraná (RO), em 14 e 15 de setembro; e Araguaína (TO), nos dias 19 e 20 de outubro.

2016_Primeiro Bimestre_03

 

Fonte: Viveiro São Jorge

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Os comentários estão encerrados.